ARTIGOS

OUTROS TEXTOS

- Psicanálise e Hipnose

Jean-Martin Charcot em sua época foi um grande especialista em hipnose. Em Salpêtrière dizia-se que as moças caiam em sono profundo apenas por vê-lo chegar. Ele era admirado e invejado por seus colegas e verdadeiramente venerado por seus pupilos... Leia mais



- Rexona Não te Abandona

Um dia você deixou o útero de sua mãe.  Você deixou seus seios, deixou seu colo. Você deixou sua querida mamadeira... Leia mais​

- A Arte de se Libertar

Capoeira é o chão: planície de terra batida. Capoeira é a dança: era preciso dissimular a luta em arte para que os senhores não reprimissem sua expressão. Capoeira é luta: seus pés, suas mãos e sua alma são armas. Capoeira é o homem: livre e, portanto, disposto a lutar, pois sabe que não existe liberdade sem luta... Leia mais​

 

- Mudamos!
A Escola de Psicanálise Damasceno agora é Escola de Psicanálise De São Paulo.

A mudança ocorreu em 21 de setembro de 2013, (veja as fotos) corresponde ao nosso desejo de imitarmos da cidade que nos dá endereço o seu ar cosmopolita e comprometido com a excelência de serviços. Junto à mudança de nome, mudamos alguns aspectos de nosso conteúdo programático, estamos... Leia mais

POR QUE CURSAR PSICANÁLISE?

A época das festas com todas as suas luzes e sons sempre me traz a mente o deslumbramento que a utilização da eletricidade casou quando dominamos a produção da lâmpada elétrica, e a nossa fascinação, na era industrial, quando máquinas hoje consideradas obsoletas realizavam o trabalho de mil homens, sem sua arte, mas também sem suas falhas.



Desde a invenção da roda a tecnologia tem nos fascinado! Quer a natureza dos nossos medos, no entanto, que utilizemos das ferramentas tecnológicas não como uma extensão de nossas capacidades mas como muletas para as nossas crescentes deficiências. Assim sendo temos telas cada vez mais sensíveis ao toque numa sociedade em que as pessoas, carentes desse mesmo toque, se tornam cada vez mais insensíveis e monitores com altíssima definição para impressionar olhos incapazes de contemplar, por exemplo, a beleza de um dia de chuva... A tecnologia que deveria ser nossa liberdade se tornou nossa escravidão.



Nesse contexto se faz mister que nos voltemos não para o que nós sabemos mas para o que somos.  Nesse momento crucial da história precisamos recuperar nossa humanidade: perder o medo de acalentar nossos bebês, deixar de agredir a natureza que nos deu origem, e reaprender a amar. Precisamos reconhecer que além de seres racionais e tecnológicos nós somos uma alma, que para além das nossas mentiras e medos somos crianças que asseiam por poder viver com prazer.



E para tanto, precisamos de ajuda.  O Psicanalista é hoje o profissional capaz de ter uma compreensão histórica, biológica e social da nossa condição humana, de com sua falsa neutralidade nos levar a refletir sobre as verdades absolutas ou as mentiras absurdas as quais aderimos para sobreviver, de com sua humanidade recuperada, oferecer uma mão cálida e um olhar tranquilo  capazes de nos fazer sentir renascer.



Vivemos num mundo carente de quem nos desafie a ser melhores do que estamos sendo. Estamos vivendo num mundo carente de Psicanalistas.