Cursos de duração breve, que abordam assuntos específicos, voltados para interesses desde um adentrar ao pensar psicanalítico, como um primeiro passo, como o Curso de Introdução à Psicanálise, até ao aprimoramento de técnicas que auxiliam na organização da teoria com a prática. Voltados para um público diversificado, do leigo, àquele que nunca perde o desejo de aprimorar-se.

09/12 - Curso Alienação Parental

Saber identificar quando houve uma distorção da figura de um dos pais, feita ou pelo pai ou pela mãe, ou por outra pessoa pode definir o caminho da análise.

Em análise enquanto a figura dos pais não for trazida para o “real”, ela nunca estará completa e para isso abortaremos o assunto de modo teórico e prático.

Curso Transferência e Contratransferência

O curso tem como foco o par analítico, seus tipos e seu desenvolvimento.

O manejo psicanalítico da transferência e contratransferência ainda é muito discutido e estudado; em analise quem o psicanalista simboliza e o que isso significa são perguntas que se desenvolvem na teoria e na pratica são necessárias, a transferência precisa acontecer em uma análise e trabalhamos com ela durante todo esse percurso, ela  também vai se alternando e se desenvolvendo a medida que a analise vai ocorrendo.

Introdução à Psicanálise

O Curso de Introdução é um curso de curta extensão, no qual será abordado noções da História da Psicanálise, Introdução à Teoria Psicanalítica e à Prática Psicanalítica, sendo a última algo que não se restringe ao atendimento em consultório, mas muito além disso, está ligado às relações humanas e a eficiência na comunicação com o outro. Aborda também a Clínica Psicanalítica, que é a capacidade de aplicar a o Pensamento Psicanalítico nos processos de relacionamento, na função de trazer uma melhor compreensão do outro e se si mesmo, possibilitando o aperfeiçoamento desses vínculos.

Comunicação Não-Violenta

Com uma visão psicanalítica e com o objetivo de apresentar temas como ética, narcisismo e obsessividade de uma maneira simples e acessível para todos.

O curso será trabalhado de forma que os participantes consigam entender o papel da comunicação no desenvolvimento e na melhora das relações interpessoais.

Perversões Sexuais: Nossas (Des)Conhecidas

Na visão de Freud, a Perversão Sexual está muito presente e próxima de todos nós. A teoria e prática psicanalítica nos ajuda a ampliar a visão da perversão, que na generalidade é tratada como doença ou uma prática de alguém que necessita de tratamento. O que a Psicanálise chama de perversão são apenas formas de sentir prazer que não são adequadas para o ambiente social, não necessariamente ruins ou doentias. Também podem significar uma repressão da libido que gera frustração ou neurose. Por meio do Curso, torna-se possível identificar de maneira mais efetiva a própria libido, para que ela possa se expressar mais livremente.

Estrutura Psicanalítica da Sedução

De maneira geral, as Pessoas pensam que sedução é uma coisa instintiva, que você sabe fazer organicamente e que não existe nenhum processo que leve a isso. Talvez seja verdade, de alguma maneira, mas não é porque em nós, seres humanos, cultura e instinto estão misturados de uma maneira que não dá mais pra separar. Então no curso de Estrutura Psicanalítica da Sedução, pensamos em pegar elementos da Teoria Psicanalítica e elevá-los ao ponto deles poderem nos dizer o que é um relacionamento, o que aproxima as pessoas segundo a visão da Psicanálise.

Estrutura da Psicanálise Infantil

O curso de Estrutura da Psicanálise Infantil tem como intenção trazer essas questões à tona para que em qualquer processo de educação, não se perca de vista as necessidades da criança e alguns elementos que podem levar a educação à sua excelência.

Estruturação de Casos Psicanalíticos

Percebendo a dificuldade que existe, em levar para o consultório o que é aprendido em aula, o curso de Estruturação de Casos Psicanalíticos foi elaborado para capacitar o profissional a harmonizar a teoria com a prática. Ensinamos nesse curso a fazer um levante de qual é a atualidade, qual a gênese do quadro e quais são as possíveis interpretações, a partir disso criamos hipóteses de diagnósticos para facilitar a interpretação clínica. Ensinando assim a ouvir com precisão, e conseguir encaixar dentro da fala, o processo teórico.